Taxas de câmbio acabaram-se! (ou quase)

Quando viajamos, muitas das vezes não pensamos muito nas taxas de câmbio

pensamos apenas se o nosso cartão do banco que usamos regularmente vai dar ou não
em determinado país e quanto deveremos trocar para a moeda local.
E a que horas é a partida!!! 😛
Isto eramos nós! Também são assim?

Ao fim de umas quantas viagens começamos a perceber que gastávamos imenso nas taxas de câmbio, nas taxas de levantamento, nas taxas de utilização, nas taxas das taxas e por aí adiante… isso levou-nos a procurar soluções.

Taxas de Levantamento e de Pagamento

Uma coisa já sabíamos, os cartões que costumamos usar não eram os ideais, por cada levantamento que fazemos é nos cobrado um valor (exageradíssimo) pelo nosso banco, a cada 100 euros pode-nos ser cobrado qualquer coisa entre os 2 e os 5 euros ou mais (dependendo do banco).

Além disso as taxas que são utilizadas para fazerem o câmbio (quando o pagamento é numa moeda que não Euro) são muito boas… mas só para eles.

Cartões bancários para viajantes

Foi mesmo assim que procurámos naquele motor de busca que sabe tudo! 😛

Existem várias soluções, mas entre as mais conhecidas estão o Revolut, o N26, o Ferratum e o Denizen.

Neste momento utilizamos os dois primeiros, e estamos a aguardar o Denizen para poder utilizar numa próxima viagem. O Ferratum – ficámos na dúvida por causa das opiniões que “ouvimos” e ainda não pensámos muito nele.

Revolut o mais famoso

Possivelmente o mais recomendado por muitos viajantes.

É um cartão pré-pago, sem taxas em muitos países e taxas muito inferiores ás dos bancos normais nos outros países. Tem uma app super intuitiva para IOS e Android. Em certas alturas é necessário pagar os portes de envio ( 6€)

Principais características

A melhor parte

Pontos menos positivos

  •  Cartão gratuito e sem anuidade
  • 0% Em comissões em pagamentos
  • Taxa de câmbio interbancaria sem taxa adicional
  • Transferências gratuitas
  • Carregamento fácil através do cartão de credito/débito, 
    transferência bancaria, Apple Pay e/ou Google Pay.
  • Conta em várias moedas possível incluindo Criptomoeda
  • Validade 3 anos
  • Levantamento gratuito de apenas 200€ por mês
  • 2% a partir desse valor

Versão Premium – possibilidades de levantamento de 400€ por mês, seguro médico gratuito, seguro de atraso de viagem gratuito, Seguro de dispositivos com desconto de 20%, acesso a lounges de aeroportos com valores inferiores aos de balcão. 7.99€ por mês e possibilidade de escolha entre 3 “cores” diferentes – e são os 3 bem giros.

Versão Metal – Além das caracteristicas da Versão premium os levantamentos são  600€, tem um acesso gratuito ao Lounges dos aeroporto por ano, apoio prioritário, Concierge gratuito e Cashback de ate 1%. 13.99€ mês

Para abrir conta no Revolut carrega aqui.

N26 para quem viaja por países com Euro

O N26 é como um qualquer cartão de um banco, O N26 BANK é um banco Alemão regulado pelo Banco Central Europeu, portanto super seguro. Tem uma app disponível em IOS e Android e funciona também no computador.

Principais características

A melhor parte

Pontos menos positivos

  • Conta gratuita
  • Cartão gratuito
  • Sem taxas de pagamento em qualquer moeda
  • Transferências gratuitas
  • 5 levantamentos gratuitos em Euro por mês,
    2€ para os seguintes
  • Abertura de conta de forma rápida
  • Após os 5 Levantamentos gratuito na Eurozone, 
    taxa de 2€ por cada um
  • 1.7% nas restantes moedas

Versão N26 Black – 9.90€ mês – Seguro de viagem que cobre despesas médicas, voos cancelados, atrasos no voo e na entrega da bagagem, extensão de garantia para equipamentos, compensação para roubos – para o caso de seres assaltado até 4 horas depois de fazeres um levantamento, compensação para roubo do telemóvel seja no país de origem ou da viagem.

Para abrir conta no N26 carrega aqui!

Qual a melhor opção? Os dois!

Pensem assim… são gratuitos! O que é que têm a perder? Exacto… NADA!

20190216_114108

A mais valia Extra  – N26 dá para utilizar no PC, Revolut tem a app em português.

Nós utilizamos os dois.

Quando na Europa/Eurozone damos mais uso ao N26, por causa do maior número de levantamentos gratuitos – que na realidade acabamos por nem utilizar os 5 permitidos no plano gratuito- por norma pagamos com cartão. Quando em zona não euro usamos o Revolut para o levantamento dos 200€ gratuitos e depois o N26 caso tenhamos que levantar mais algum valor. (a taxa do Revolut é 2% enquanto que a do N26 é 1.7% – sim não é nenhuma diferença monstruosa, mas sempre ouvi dizer que “Grão a grão…”)

Se chegaram até aqui, é porque este era um assunto que também vos interessa, já decidiram o que vão fazer?

Boas poupanças e boas aventuras!!

Organiza-te Para fazermos as nossas reservas utilizamos os links abaixo.

Se fizeres as tuas também ajudas-nos a manter o blog e NÃO PAGAS mais nada por isso.